Estudar para mudar

Trabalhador rural, ajudante de pedreiro, auxiliar de serviços gerais e ajudante de cozinha foram algumas funções que o baiano Marcos Vinícius Soares da Silva exerceu em seus 27 anos de vida. Conseguiu melhorar graças à dedicação aos estudos. Tem orgulho em falar que atualmente é técnico em análises clínicas devido à oportunidade que teve ao receber uma bolsa de estudos do Senac. Sua nova formação lhe rendeu um cargo melhor em seu atual emprego, na clínica Mansão Vida, em Samambaia, e mostrou que o estudo é o melhor caminho para se desenvolver profissionalmente. Agora, sonha em fazer um curso superior de farmácia ou biomedicina.

Marcus Vinicius- Caso de Sucesso-6

“Escolhi o curso Técnico em Análises Clínicas porque acho a área muito fascinante. Gosto muito dessa parte de investigação”, afirma. “O curso foi maravilhoso porque trouxe muito conhecimento. Como sempre trabalhei em roça eu não tinha muita ideia de como seria essa área. No início não entendia muito bem, mas com muito esforço, dedicação e vontade de crescer, eu consegui me aperfeiçoar e ter uma profissão melhor”, diz ele. “Fazer o curso gratuitamente foi maravilhoso porque eu não tinha condições de pagar por ter outros compromissos financeiros. Quando fiz o curso, arquei somente com a condução. Tenho que agradecer muito a Deus por essa oportunidade”, destaca.

Marcos começou a trabalhar ainda na adolescência. Primeiro na roça e depois cuidando do gado em uma propriedade no interior da Bahia. Aos 18 anos, mudou para o Mato Grosso do Sul, onde ficou até 2009 trabalhando no corte da cana-de-açúcar. Neste ano, a vontade de mudar o destino o fez voltar a estudar e terminar o Ensino Médio. Enquanto passava o dia cortando a cana, a noite era dedicada aos livros. A vida no campo durou até 2010, ano em que passou por diversos estados do Centro-Oeste e Norte do país cortando cana. Seu destino mudou quando chegou a Brasília, em 2011, em busca de oportunidades melhores. Em 2012 foi contratado, como ajudante de pedreiro, pela clínica onde trabalha até hoje. “No momento estou na parte da farmácia, pois aqui na clínica é a área mais próxima do curso que fiz”, explica ele. “O Senac foi o pontapé inicial para a mudança em minha vida profissional. Sou muito grato por isso”, afirma.