Yeni Müzikler

Senac-DF forma jovens que cumprem medida socioeducativa de internação

.

Uma cerimônia simbólica de formatura, realizada na manhã desta sexta-feira (31), por meio de uma webconferência, marcou o encerramento do curso Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos, ministrado pelo Senac-DF a jovens que cumprem medida socioeducativa de internação na Unidade de Internação de São Sebastião. No total, 13 jovens concluíram a qualificação que faz parte de um projeto que reúne diversas instituições do Distrito Federal e tem como objetivo contribuir para a ressocialização de adolescentes e jovens a partir do acesso à profissionalização. O encontro virtual, em cumprimento às medidas do governo local de combate à pandemia do novo coronavirus, contou com a participação dos alunos, instrutores e representantes do Senac-DF e das instituições parceiras.

Ao abrir oficialmente a cerimônia, o presidente do Conselho Regional do Senac-DF, Francisco Maia, destacou a importância da participação do Sistema Fecomércio-DF em iniciativas como essa. “A gente fica muito feliz de hoje estar concluindo a primeira parte desse trabalho, entregando o certificado de conclusão de curso a esses treze menores. Isso significa que o Senac está cumprindo o seu papel de capacitar pessoas para o mercado de trabalho, principalmente nesse caso de jovens que estão no sistema socioeducativo, que para nós tem uma importância ainda maior porque estamos criando oportunidade de inserção no mercado de trabalho para quem realmente precisa voltar à sociedade. Para isso é importante que estejam preparados para assumir um emprego e iniciar uma vida nova, participando da sociedade de uma forma saudável. O Senac se sente feliz por isso”, afirmou o presidente.

O diretor regional do Senac-DF, Antonio Tadeu Peron, agradeceu a oportunidade da instituição fazer parte desse projeto, em parceria com outros órgãos, e parabenizou os estudantes por mais uma etapa vencida. “Viver essa experiência, também para nós, foi algo novo e ótimo para revitalizar o espírito educador. A intenção, nesse curto espaço de tempo, mais do que formá-los, foi despertar em vocês, formandos, a capacidade de aprender, mostrar um mundo novo de alternativas e de escolhas. O Senac sempre terá na área de comércio de bens, serviços e turismo, um curso especializado que atenderá à vocação de cada um de vocês”, destacou o diretor, ressaltando esperar ter contribuído com os formandos para uma opção de vida melhor. “Espero que todos saiam dessa experiência com um olhar renovado para a vida e para as oportunidades que estarão à disposição de todos. Que vocês tenham, a partir de agora, uma vida continuada de estudante, uma vida que a cada dia possa se multiplicar um número maior de conhecimentos”, finalizou.

Procuradora do Trabalho e Coordenadora Nacional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente, Ana Maria Villa Real Ferreira Ramos, idealizadora do projeto, agradeceu aos parceiros que se uniram para concretizar o acordo de cooperação técnica, destacando que ele tem o objetivo de levar uma perspectiva mais humanizada para o sistema socioeducativo. “Eu vejo as salas de aprendizagem do socioeducativo como se fosse uma pausa para os meninos, uma perspectiva de trabalho, de cidadania, de solidariedade, de colaboração e de aprendizado. É uma pausa dentro do dia a dia do sistema. Tenho certeza de que a aprendizagem que o Senac oferece é de muita qualidade e sobretudo de caráter muito humanista. Para mim, trabalhar com o Senac é uma experiência muito especial porque realmente é uma entidade do Sistema S com um viés muito humanista”, destaca Ana Maria.

A juíza de Direito da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas do Distrito Federal, Lavínia Tupy Vieira Fonseca, que está à frente do projeto no Tribunal de Justiça do DF, falou sobre a importância do Senac enfatizando aos jovens que sempre é tempo de recomeçar. “Sempre é tempo de reconquistar a confiança, de acreditar no sonho, de aceitar os desafios de cara nova. Acreditemos no potencial que esse curso de aprendizagem profissional terá na vida de cada um de vocês a partir de agora. Hoje vocês saem com um certificado do Senac que, a nível nacional, é uma das entidades formadoras mais reconhecidas, não só pelo seu profissionalismo, mas pela sua confiabilidade”, afirmou. “Essa é a segunda turma que nós conseguimos efetuar a formatura da Unidade de São Sebastião e é com muito orgulho que eu participo dessa solenidade”, completou a juíza.

O projeto-piloto de capacitação de adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa de internação foi realizado por meio de Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Ministério Público do Trabalho, a Procuradoria Regional do Trabalho da 10ª Região (PRT-10), o Ministério da Economia, a Superintendência Regional do Trabalho no Distrito Federal (SRTb/DF), Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (SEJUS), a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e, por meio de Termo de Adesão, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O curso Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos, que foi coordenado pela unidade do Senac de Sobradinho, teve duração de dez meses e carga horária total de 800 horas, sendo 400 teóricas e 400 de prática profissional, realizada na própria unidade de internação, em ambiente simulado. Os jovens tiveram a carteira de trabalho assinada e receberam o salário de acordo com as horas trabalhadas, tendo o salário mínimo como referência.

mersin escort mersin escort Maltepe escort porno Çekmeköy Escort izmit escort pendik Escort porno izle sex hikayeleri porno mersin escort