fbpx

Senac oferece cursos na Biblioteca Pública de Taguatinga

Moradores de Taguatinga ganharam mais um espaço para fazer cursos de qualificação profissional gratuitos do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) do Distrito Federal. Por meio de uma parceria firmada entre o Senac, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Administração Regional de Taguatinga, é possível participar das aulas na Biblioteca Pública Machado de Assis, que compõe o Complexo Cultural de Taguatinga e está localizada no centro da Região Administrativa. Com um acervo de 25 mil livros para empréstimos, o espaço recebe em média 400 pessoas por dia e passou por melhorias realizadas pela Administração Regional. Entre os cursos ofertados estão o de Operador de Computador e Assistente Administrativo. A próxima turma, em novembro, será de Técnicas Avançadas de Word, Excel e Power Point.

Os cursos são ofertados por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG) e os interessados em participar devem aguardar a publicação do edital, que é divulgado no site do Senac-DF. “Essa parceria é extremamente importante para nós porque atinge o nosso público, que é de estudantes ou trabalhadores em busca de qualificação profissional, e ajuda a ocupar espaços dentro da Biblioteca Pública de Taguatinga”, afirma Ledir Junior de Almeida, gerente do Senac em Taguatinga, lembrando que parte do público que frequenta a biblioteca Machado de Assis é formada por estudantes de escolas da região.

Para Geraldo César de Araújo, administrador de Taguatinga, a iniciativa é muito significativa, pois a Administração Regional está contribuindo para oferecer, de várias formas, melhorias para a comunidade da região. “O objetivo da parceria com o Senac é a capacitação, qualificação e busca de oportunidades para essas pessoas. A instituição, por meio da unidade de Taguatinga, está transformando a realidade desses jovens estudantes”, destaca o administrador.
História

História
Com um acervo de 25 mil livros destinados a empréstimos, a Biblioteca Pública Machado de Assis recebe em média 400 pessoas por dia. Inaugurada como biblioteca pública em junho de 1991, nasceu na década de 80 como biblioteca comunitária, a partir da utilização do galpão de marcenaria do antigo Colégio EIT. Além do acervo de livros, a biblioteca oferece um Telecentro com acesso à Internet, Videoteca (C/DVD’s) e oferece, periodicamente, oficinas de Artesanato e Inclusão Digital. A Biblioteca funciona por um convênio entre a Administração Regional de Taguatinga, responsável pela manutenção do prédio, funcionários da limpeza e vigilância, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF) que disponibiliza funcionários e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) que entra com o suporte técnico.