fbpx

Oportunidade para mudar de vida

 

Inês Rocha Lima, 37 anos, sempre gostou de atuar na área de vendas. Inspirada pela paixão do marido por cortes de cabelo, tinha como sonho fazer um curso no Senac. Moradora à época da cidade de Trindade (GO), não tinha condições de pagar por um curso profissionalizante. Em uma viagem ao Distrito Federal para visitar a família no Paranoá, viu a unidade móvel de Imagem Pessoal e resolveu obter informações sobre os cursos, que nesta unidade são gratuitos, ofertados por meio do Programa Senac Gratuidade (PSG), e conseguiu bolsas de estudo para ela e para o marido. Decididos a mudar de vida, no início de 2018 o casal passou a morar no Itapoã (DF) para fazer o curso de Cabeleireiro. Com a ajuda do pai que cedeu um espaço na avenida central da cidade, Inês e o marido abriram o próprio negócio, o salão Wellington Oliver Cabeleireiro Unissex.

“No início foi muito difícil pois viemos para cá desempregados. O curso era durante o dia e por isso não tínhamos como trabalhar”, explica Inês, que a princípio pensava em abrir o salão para trabalhar com vendas dentro dele. “Fiz o curso de Cabeleireiro e fui me aperfeiçoando. Em seguida fiz os cursos de Penteados Avançados, Depilador e Manicure/Pedicure. Passei o ano de 2018 me capacitando no Senac”, destaca, lembrando que o que mais a marcou em relação ao Senac foi a oportunidade que teve. “Ela chegou em uma fase da nossa vida em que não sabíamos mais o que fazer. Então essa oportunidade que apareceu, que mudou e tem feito uma diferença muito grande na nossa vida é gratificante. Ter a satisfação de ver meu marido trabalhando, fazendo o que ama, não tem preço”, afirma.

A qualidade do Senac é mantida em todos os cursos, independente do local onde é ofertado. “O curso do Senac é perfeito em tudo. Geralmente a gente imagina que por ser gratuito é bagunçado, desorganizado, mas no Senac não é assim. As aulas começavam no horário certo, tudo é padronizado e a carreta-escola é super organizada. O atendimento dos servidores também é maravilhoso. A gente tem incentivo mesmo para crescer. A professora nos levou para uma aula de empreendedorismo com o pessoal do Sebrae. Foi tudo maravilhoso, um presente de Deus em nossas vidas”, afirma.