em Casos de Sucesso

Paraibano de Igaraci, José Henrique dos Santos Silva chegou ao Distrito Federal aos 8 anos junto com os pais, que buscavam novas oportunidades. Levando uma vida difícil, sem muitas condições, já que o pai era pedreiro e a mãe empregada doméstica, ele começou a trabalhar aos 15 anos em uma empresa de venda de convênios médicos e odontológicos. Passou por diversas outras empresas, sempre como vendedor. Em um período que estava desempregado, surgiu a oportunidade de fazer gratuitamente no Senac os cursos Recepção em Serviços de Saúde, Faturamento Médico Hospitalar e Administração em Serviços Hospitalares. Em seguida fez uma graduação e decidiu seguir na área de estética. Aos 28 anos, é proprietário de duas unidades da clínica Corpuss Estética Avançada e sócio do Centro Especializado Vigor.

“Abri minha primeira clínica no Setor Comercial Sul com R$ 5 mil emprestados pelo meu pai. Depois abri outra em Águas Claras e me fundi a um grupo empresarial, onde sou dono da parte clínica. Após fazer os cursos do Senac, me formei em biomedicina e sou atuante da área na parte estética, como biomédico esteta”, afirma José, lembrando que estava desempregado quando fez o primeiro curso no Senac. “Consegui bolsa no Senac porque não tinha condições de pagar pelos cursos. O empreendedorismo foi recorrente aos cursos que eu fiz nessa instituição”, destaca. Ele afirma ainda que tudo o que sabe sobre a parte administrativa aprendeu no Senac. “Hoje levo para a vida inteira o conteúdo que aprendi lá. Para mim, o curso Administração Hospitalar foi um dos melhores que fiz na vida. Tive uma excelente professora”, lembra.

José Henrique acredita que o sucesso que conquistou no campo profissional deve-se ao estudo e à perseverança. “Não tive tempo de olhar para a idade. Só fui aproveitando as oportunidades que Deus tinha me dado. Sempre acreditei que eu poderia mudar a minha realidade sendo empreendedor, porque eu sabia que não era sendo empregado que poderia mudar de vida. Hoje eu deixo as minhas funcionárias bem à vontade para elas fazerem o que querem em termos de trabalho, pois elas sabem que o trabalho depende mais delas do que de mim. E foi isso o que me fez crescer na vida, saber que o meu trabalho, fruto de dinheiro, dependia de mim”, explica. “Espero continuar crescendo e me destacar ainda mais no meu segmento, pois Deus tem me abençoado muito”, conclui.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Not readable? Change text.